quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Lenda da Serra da Estrela

Há muitos anos, um pastor pobre vivia numa aldeia e tinha como única companhia um cão. Este pastor desejava alcançar uma montanha que via ao longe.
Uma noite de luar, em que o pastor olhava o céu estrelado, desceu até ele uma estrela pequenina com o rosto de criança que lhe falou do seu desejo. Estava ali por vontade de Deus, para levar o pastor para onde ele desejasse ir. A partir de então, a estrela nunca mais abandonou o pastor, todas as noites lhe sorria do céu.
Uma noite, o pastor decidiu partir e chamou a estrela. Os velhos da aldeia acharam que ele estava a fazer uma grande loucura.
O pastor caminhou tantos anos que o cão envelheceu e não aguentou a caminhada. Foi enterrado junto à estrada, marcado por um sinal de pedra. O pastor chorou e continuou em busca do seu destino, envelhecendo junto com a estrela até que um dia chegaram ao seu destino, à serra mais alta, a que ficava perto do céu e ali ficaram juntos.
O rei, ouvindo falar do pastor e da estrela fantástica, mandou emissários à serra dizendo que todas as riquezas do mundo daria ao pastor em troca da sua estrelinha.
O pastor pensou, pensou e virou-se para os emissários dizendo que a estrela não era dele, mas do céu.
Passaram-se muitos anos e o pastor morreu. Enterraram-no debaixo de uma fraga e, nessa noite, uma estrela brilhou com uma luz mais intensa.
E desde então a serra passou a chamar-se, para sempre Serra da Estrela.
E dizem que, ainda hoje, da serra da Estrela é possível ver uma estrela que brilha
mais do que as outras, de saudade por um pastor.

Diogo
Site consultado- http://sweet.ua.pt/~deus/seia/lendaserra.html

1 comentário:

Catarina disse...

Gostei da lenda mas axo que podiam mudar logo no inicio a palavra velhos por habitantes